Praga responsável por perda de até 80% da lavoura é foco dos debates do Congresso Brasileiro de Nematologia

Adama apresenta no evento os resultados mais recentes da nova solução para combater os nematoides

Londrina, 26 de junho de 2017 – A partir da próxima segunda-feira (3/7), os maiores pesquisadores de nematoides do Brasil se reúnem em Vitória (ES) para debater os desafios e soluções de manejo da praga na 34ª edição do Congresso Brasileiro de Nematologia. O evento conta com palestras, minicursos, mesas redondas, apresentação de cases e de trabalhos científicos (pôsteres). São esperadas cerca de 300 pessoas.

 

“O congresso tem como proposta o aprofundamento sobre táticas de manejo, discussão dos danos causados pelos nematoides e o impacto dessa praga na agricultura do Brasil. Nosso objetivo é promover o encontro de grandes pesquisadores nacionais e internacionais para o debate em torno dos desafios encontrados pelos agricultores e soluções para o manejo dos nematoides”, explica João Giraldi, gerente de Marketing de Produtos da Adama.

Durante o congresso, os participantes poderão conferir no estande da Adama informações e resultados do uso do Fluensulfone, ingrediente ativo da nova solução da empresa para nematoides que apresenta o conceito de “nematicida real”, devido à sua eficácia em combater os nematoides, não apenas paralisando a ação da praga, mas provocando sua morte. “O Fluensulfone é altamente eficiente na redução populacional dos nematoides e se apresenta como uma potencial ferramenta para o manejo da praga em diversas culturas”, diz João Giraldi. A Adama ainda vai ter no estande algumas raízes de plantas para que o público possa conferir, na prática, a forma que a praga ataca a planta.

Nematoides desafiam agricultores na produção das lavouras

Dentre as diversas pragas e plantas daninhas que causam enormes prejuízos à agricultura brasileira, os nematoides são uma das principais, sendo responsáveis por perdas de até 80% das lavouras em algumas culturas. Com mais de 8 mil espécies existentes, a praga está presente em diversas regiões do País e seus sintomas não são facilmente perceptíveis durante o desenvolvimento da planta. O manejo eficiente da praga envolve diversos fatores, como boa limpeza do maquinário e o controle químico.     

“O Congresso Brasileiro de Nematologia é um espaço essencial para a disseminação do assunto e debate entre especialistas. Esse encontro proporciona uma rica troca de conhecimentos que serão transformados em benefícios ao produtor”, afirma o gerente.          


Com patrocínio da Adama, o Congresso Brasileiro de Nematologia é realizado pela Sociedade Brasileira de Nematologia (SBN), organizado pela Superintendência Federal de Agricultura do Espírito Santo (SFA-ES/MAPA), Embrapa Mandioca e Fruticultura, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e Instituto Federal do Espírito Santo (IFES). A programação completa do evento pode ser conferida em http://www.congressodenematologia.com.br/programacao.

Serviço:

34º Congresso Brasileiro de Nematologia
3 a 7 de julho de 2017 – Vitória (ES)
Centro de Convenções de Vitória - Rua Constante Sodré, 157