Adama apresenta soluções em Dia de Campo voltado ao setor sucroenergético

Público pode conhecer também inovações tecnológicas da empresa que auxiliam o agricultor na lavoura

Londrina, 21 de março de 2017 – Nesta quarta-feira (22/3), a Estação Experimental de cana-de-açúcar da Universidade Federal do Paraná promove o “Dia de Campo: apresentação de clones promissores” e a Adama marca presença com um estande que conta com as diversas soluções da companhia. Voltado para técnicos, gerentes e diretores de usinas canavieiras do Paraná e do Oeste de São Paulo, o evento deve reunir cerca de 100 pessoas em Paranavaí. O Dia de Campo começa às 8h.

“Os visitantes vão conhecer os benefícios e diferenciais das nossas soluções, dentre elas nosso novo produto para o combate a nematoides, praga que pode ser responsável pela redução de 50% da produtividade do canavial”, diz Luis Henrique Vitral, gerente regional de Vendas da Adama. “A cana-de-açúcar é uma das culturas-chave para a Adama e por isso estamos continuamente investindo em pesquisas para desenvolver, cada vez mais, produtos que simplifiquem a vida do agricultor“, completa.

O público presente vai poder conferir de perto os resultados de um novo nematicida apresentado pela companhia e também o ExpertGrow, responsável pelo aumento do potencial produtivo da lavoura em até 15% quando comparado às alternativas disponíveis no mercado. ne que o, e o Adama Wings, s daninhas, o Adama Clima, ultor na identificaç

Também vão estar disponíveis no estande da companhia alguns dos serviços agrodigitais desenvolvidos, como o Adama Alvo, que auxilia o agricultor na identificação de pragas, doenças e plantas daninhas; o Adama Clima, estação meteorológica que fornece a previsão climática de forma precisa para a microrregião em que está instalado; e o Adama Wings, drone que captura imagens de lavouras de cana-de-açúcar, com o objetivo de identificar falhas de plantio, matocompetição e solo exposto.