Adama celebra dois anos sem acidentes na unidade de Londrina

Política em prol da segurança, investimentos, treinamentos contínuos e campanhas de conscientização garantem resultado

Londrina, 10 de agosto de 2017 – A unidade de Londrina (PR) da Adama, empresa global do setor de agroquímicos, comemora na próxima segunda-feira (14/8), seu segundo ano sem acidentes com afastamento. De acordo com Danilo Bianchi, coordenador de Segurança e Meio Ambiente da Adama, a data é resultado de uma rígida política em prol da segurança, marcada por investimentos em segurança, treinamentos contínuos e campanhas de conscientização.

“Segurança é um dos pilares da Adama e temos investido muito na área. Para se ter uma noção, nos últimos dois anos foram milhões de reais. Constantemente são realizados treinamentos voltados para a área de segurança, além de termos na empresa o trabalho de conscientização da liderança e dos colaboradores e terceiros sobre as práticas de segurança na companha”, explica Bianchi. “Desde 2015, temos o Programa SOU voltado para excelência operacional cujos pilares colaboram para evitar situações de risco e que, com certeza, nos ajudaram a alcançar esses anos sem acidentes”, completa o coordenador.

Em agosto, a companhia inicia a campanha Regras de Ouro, que engloba oito regras que estão sendo implantadas e servirão como diretrizes para a companhia ultrapassar o recorde anterior de 940 dias sem acidentes na unidade de Londrina e continuar com os excelentes resultados na unidade de Taquari. Os colaboradores e terceiros que seguirem as normas serão reconhecidos pela Adama.

Como explica Bianchi, o principal objetivo quando se fala em segurança é evitar a acomodação ou excesso de confiança, que interferem na atenção e no alerta à problemas.

“Na medida em que ficamos mais tempo sem acidentes, tendemos a acreditar que não existe mais o risco. Isso se chama complacência, que significa o excesso ou a falta de habilidade. O nosso desafio constante é fazer que as pessoas não ‘baixem a guarda’, não percam esta intolerância ao risco e então alcançar um novo recorde sem acidentes”, finaliza Danilo Bianchi.

Quais são os acidentes que podem “zerar a placa”?

  • Acidentes com afastamento na área fabril;
  • Acidentes com afastamento na área administrativa (exemplo: se alguém escorregar e se machucar);
  • Acidentes com afastamento nas áreas industriais;
  • Acidentes com veículos da empresa;
  • Acidentes das equipes de campo (que são contratados pela Unidade de Londrina).

Para evitar acidentes de carro com as equipes de campo:

  • Programa de Telemetria (aparelhos que monitoram o limite de velocidade, frenagem e aceleração dos veículos);
  • Conscientização e treinamento;
  • Indicadores de desempenho.