Pular para o conteúdo principal
Vinícius Boleta, gerente de Produto da ADAMA, sorrindo em frente a uma tela com a imagem da plataforma de biossoluções da empresa.

ADAMA lança Protege, fungicida e nematicida microbiológico para as culturas da soja e cana-de-açúcar

A ADAMA lança Protege, um fungicida e nematicida microbiológico que terá por foco principal as culturas da soja e da cana-de-açúcar. O lançamento faz parte dos investimentos da ADAMA no portfólio de biossoluções, que conta com produtos biológicos (ou biodefensivos) e de bioestimulação de plantas.
Vinícius Boleta, gerente de Produto da ADAMA, sorrindo em frente a uma tela com a imagem da plataforma de biossoluções da empresa.

Por conta da importância dessas soluções para os produtores brasileiros e o agronegócio em geral, a companhia traz ao mercado essa linha e, com ela, espera alcançar em um prazo de cinco anos um faturamento anual de 50 milhões de dólares. “A produção de alimentos com sustentabilidade é o grande desafio da agricultura moderna. Por este motivo, a demanda por tecnologias inovadoras como as biossoluções é crescente. A ADAMA entendeu essa necessidade e, por isso, vem investindo nos últimos anos na ampliação do portfólio”, afirma Vinicius Boleta, gerente de Produto da ADAMA.

Protege é uma combinação tripla de bactérias (Bacillus thuringiensis + Bacillus velezensis + Bacillus amyloliquefaciens) com diferentes modos de ação sobre os nematoides, conferindo controle desses parasitas e proteção à produtividade. Com prejuízos que chegam a 35 bilhões de reais por ano nas lavouras brasileiras, de acordo com a Sociedade Brasileira de Nematologia (SBN), os nematoides representam grande ameaça à produção agrícola no Brasil e exigem uma atenção especial dos produtores. “Os bionematicidas são importantes ferramentas para o controle de nematoides, pois são eficazes e contribuem na construção de um ambiente produtivo favorável para as plantas se desenvolverem”, explica Boleta.

A eficiência dos biodefensivos é reconhecida e a ADAMA acredita na combinação de produtos químicos e biológicos para o melhor manejo das culturas. “Além disso, a companhia trabalha para ter produtos cada vez mais sustentáveis, indo ao encontro das necessidades da agricultura brasileira”, diz Boleta.

A entrega de produtos diferenciados como este faz parte da promessa de marca da ADAMA: Listen.Learn.Deliver. Ou seja, escutar as necessidades dos produtores rurais, entender seus desafios e demandas para entregar as melhores soluções para suas lavouras. A nova solução tem sua comercialização prevista para o segundo semestre de 2022.