ADAMA lança campanha #BomDeCana

Reconhecer a importância do segmento de cana-de-açúcar é o objetivo.

Londrina, 8 de junho de 2020 - Companhia integrante de uma das maiores holdings do agronegócio global, a ADAMA lança #BomDeCana, campanha focada nos desafios e conquistas relacionados ao segmento da cana-de-açúcar no País.

Atualmente, o Brasil é o maior produtor e exportador de açúcar do mundo, sendo também o principal fornecedor global de etanol de cana. Em 2020, o Brasil deverá colher uma safra recorde de cana-de-açúcar. Um movimento que envolve usinas, fornecedores e milhares de trabalhadores rurais.

Até o início do ano, em um período pré-pandemia, o setor sucroenergético brasileiro trabalhava com projeções otimistas, que previam um ano com medidas de estímulo aos combustíveis renováveis. No entanto, a realidade passou por uma mudança radical e agora o mercado trabalha com cautela em todas as suas prospecções de médio prazo.

A pandemia da COVID-19 provocou uma queda nos preços do petróleo em índices jamais vistos no mercado e agravou a crise do setor de cana-de-açúcar no Brasil. Com o isolamento da população, houve uma inevitável queda no consumo de combustíveis que afetou os preços do etanol. Segundo levantamento do Cepea, de fevereiro a abril de 2020, o etanol acumulou queda de 35%.

Para Elton Visioli, gerente de Marketing da ADAMA, o momento pode ser visto como um período de planejamento dos próximos passos: “Com a crise de saúde global que atravessamos, temos um desafio econômico e técnico a ser enfrentado. A ADAMA exercerá um papel importante, disponibilizando tecnologia para que a retomada do mercado aconteça de forma robusta”.

Diretor da consultoria Agroanalítica, Weber Valério atua há mais de 35 anos no mercado de cana-de-açúcar e nas últimas décadas já presenciou diferentes momentos críticos. “O cenário trazido pela pandemia da COVID-19 não representa a primeira grande dificuldade e a retomada demandará, acima de tudo, boas estratégias por parte dos produtores”, avalia. O especialista complementa: “hoje os agricultores precisam trabalhar em medidas para manter seus canaviais em boa qualidade, já pensando na retomada. Os produtores têm à sua disposição tecnologias que podem minimizar os efeitos da crise, na redução das perdas em todas as fases do processo. Estamos diante de uma série de possibilidades. Nos momentos mais difíceis o setor sempre se reinventou”, finaliza Weber Valério.

No cronograma para a retomada das atividades do mercado, como eventos do setor agro, a ADAMA trabalhará em ações focadas no fortalecimento técnico e reconhecimento do mercado sucroenergético. “A campanha #BomDeCana destacará todas as iniciativas e esforços desses produtores. A busca constante por melhores patamares de produção, seja com a agricultura 4.0 e produtividade de três dígitos, seja em manter o otimismo durante um período como o atual. Todo o esforço do mercado merece reconhecimento”, destaca Visioli.

ADAMA lança campanha #BomDeCana